None
SC Braga | Próximo Jogo

0 - 0

SC Braga vs D. Corunha

Jogo de Apresentação

2 Agosto | 19:00

SC Braga B | Próximo Jogo

0 - 0

vs

Sem jogos agendados

N/D

 

Modalidades 2ª Fase do Campeonato Nacional de Voleibol

Terminou neste último fim-de-semana a 1ª fase do Campeonato Nacional feminino da 1ª divisão que serviu para dividir as 10 equipas em 2 grupos: as 4 primeiras classificadas irão lutar entre si pelo título nacional e as 6 últimas irão lutar pela manutenção na divisão maior do voleibol português. Todas as equipas levarão para a 2ª fase, 20% dos pontos conquistados na 1ª fase.

Em jeito de balanço a esta 1ª fase pode-se dizer que foi mais equilibrada relativamente às últimas épocas e em que os principais candidatos ao título tiveram pelo menos 3 derrotas. As duas equipas primeiro classificadas (Ribeirense e Sports Madeira) são das ilhas e são aquelas que apresentaram um maior orçamento e um plantel com maior número de profissionais estrangeiras e na nossa opinião serão as principais candidatas ao título nacional. O prémio de equipa revelação desta 1ª fase será para o primo divisionário Castêlo da Maia, que com uma equipa recheada de veteranas esteve muito perto de conseguir a qualificação para o grupo das primeiras. Surpreendente também, mas pela negativa, foi a carreira do ainda vice-campeão nacional, o C.A. Trofa, que não conseguiu nenhuma vitória nesta fase e que é o principal candidato à descida de divisão e a carreira do Gueifães também surpreendeu pela negativa face ao investimento feito e aos objetivos traçados no início da época.

Uma palavra de reconhecimento para a prestação positiva do Sporting de Braga que com a equipa mais jovem deste campeonato fez a sua melhor 1ª fase de sempre, conseguiu nove vitórias e esteve até ao fim na luta pelos lugares cimeiros.

 

Em conversa com o treinador da equipa, João Lucas, este dizia-nos que “o balanço desta 1ª fase é positivo, não só pelas 9 vitórias e pelo 6º lugar que alcançámos, mas principalmente pela evolução gradual e consistente que a equipa teve, o que nos permitiu equilibrar todos os jogos contra todos os adversários.

A equipa é muito jovem como sabe, jogamos habitualmente com 3 atletas ainda juniores, fizemos algumas adaptações (Ana Rita a ponta, por exemplo) que felizmente resultaram, temos jogadoras esta época em excelente forma, como a Alexis Rodrigues e a Vera Silva, a contratação da Catarina Mineiro foi uma efetiva mais-valia e temos jovens jogadoras com um nível de dedicação (transmitido pelas mais “velhas”) a esta equipa, absolutamente fantástico, que provaram que tinham e têm ainda uma grande margem de evolução, como a Marina Costa e a Mariana Falcão.

Temos um grupo de “boa gente” muito fácil de dirigir, que têm ambições no voleibol e que põe a equipa sempre em 1º lugar. Tenho um plantel, esta época, de 14 jogadoras, 5 já acabaram os seus cursos e já trabalham e as restantes são estudantes. Umas de forma mais fácil, outras com mais dificuldade, lá conseguem conciliar a carreira desportiva e as carreiras profissionais ou académicas. Treinamos todos os dias, como profissionais que não somos, mas sabemos que só assim conseguimos andar no top do voleibol português. Com estas 14 jogadoras, temos esta época uma maior qualidade de treino, mais opções competitivas e isso é muito importante na evolução da equipa.

O nosso serviço e a nossa receção são muito fortes, do melhor que vimos nesta 1ª fase e este facto deu-nos condições para que pudéssemos evoluir na distribuição, no ataque e na ligação bloco/defesa. Taticamente estamos mais experientes, mais maduras, mais disciplinadas, conseguimos ler melhor o jogo adversário e como não temos “estrelas” que resolvam sozinhas os jogos, somos obrigadas a resolver sempre coletivamente, em equipa.

Vamos ter nesta 2ª fase mais 10 jogos e partimos com o grande objetivo de vencê-la e de obter a melhor classificação de sempre do Sporting de Braga. É um objetivo ambicioso, exigente, que nos obriga a continuar a trabalhar no duro e a evoluir. Obriga-nos a não baixar os braços, a não perder nenhum jogo e a continuar ao nosso melhor nível individual e coletivamente.

 

CLASSIFICAÇÃO I DIVISÃO SENIORES FEMININOS – 1ª FASE

R

EQUIPA

JOGOS

RESULTADOS

PTS

SETS+

SETS-

RAC

J

V

D

3-0

3-1

3-2

2-3

1-3

0-3

1

CD Ribeirense

18

14

3

12

1

2

1

1

1

44

48

14

3,429

2

CS Madeira

18

15

3

10

2

3

1

1

1

43

48

17

2,824

3

Leixões SC

18

14

4

8

4

2

1

1

2

41

45

20

2,250

4

GDC Gueifães

18

12

6

9

1

2

3

2

1

37

44

23

1,913

5

Castelo Maia GC

18

12

6

4

7

1

1

1

4

36

39

27

1,444

6

SC Braga

18

9

9

7

2


1

3

5

28

32

29

1,103

7

CF Belenenses/Blue

18

6

12

4

2


3

3

6

21

27

38

0,711

8

CSD Câmara Lobos

18

4

14

2

1

2


2

12

13

14

47

0,298

9

GC Sto. Tirso

18

3

15

3


3

12

9

12

45

0,267

10

CA Trofa

18


18


1

3

14

1

5

54

0,093

Adesão ao Débito Directo
None
« Agosto 2014 »
Agosto
Do
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31
Agenda completa »
ESTAMOS JUNTOS
None